Histórias para Graúdos com Flávia Medeiros

A escritora Flávia Medeiros, que no verão passado apresentou em Santa Maria o livro de sua autoria intitulado por “Orvalho”, estará de volta à ilha mas nesta ocasião para realizar algumas sessões de contos de histórias, nomeadamente uma sessão direcionada para os graúdos. Esta sessão será realizada no próximo dia 2 de março pelas 20h30 na Biblioteca Municipal de Vila do Porto, sendo a mesma gratuita e sem inscrição. 

“Flávia Medeiros nasceu a 10 de Março de 1986 na ilha de São Miguel, Açores. Cedo se emancipa a sapidez artística, nunca dissociada da educação infantil. O envolvimento intimo com as artes, em todas as suas vertentes, nunca conheceu interregno. A criatividade, a imaginação, o sonho, têm trilhado toda a sua vida, quer pessoal, quer profissional.

A primeira etapa académica é concluída com o curso profissional de Técnico Auxiliar de Infância. Mais tarde, completa a Licenciatura em Estudos Artísticos bem como a Pós-Graduação em Educação Especial.

Reside atualmente em Angra do Heroísmo e frequenta o Mestrado em Arte e Educação.

Profissionalmente, alicerçada na Educação pela Arte, explora a multidisciplinariedade de recursos artísticos e culturais, tendo sempre como público-alvo principal, as crianças. A mediação de leitura surge também aqui, como uma das principais atividades desenvolvidas, pela importância que esta assume na sua realização pessoal e profissional.

Mais recentemente, promove o inicio do Projeto Sensibilizar, objetivando o contributo para a sensibilização da sociedade para a inclusão da criança com necessidades educativas especiais.

O Projeto Sensibilizar, sem fins lucrativos, surgiu a janeiro de 2016, no sentido de prestar o seu contributo à Educação Especial e tem como objetivo primordial o de sensibilizar a sociedade para a inclusão da criança com Necessidades Educativas Especiais. Este Projeto serve-se da literatura para a transmissão de uma mensagem, como da sua capacidade de envolvência, por parte de crianças e adultos. 

O Projeto, em cada ano civil, dedica-se à construção de um livro infantil, como estratégia de envolvência social e de sensibilização, que se inicia em janeiro, sendo o seu lançamento e divulgação em dezembro do mesmo ano. Durante os dez meses restantes é desenvolvido o processo de construção. A responsável pelo projeto escreve a história, abordando a cada livro uma necessidade educativa especial diferente, sendo a ilustração realizada por crianças convidadas (com e sem necessidades educativas especiais). Cada obra, conta com o apoio de profissionais de diferentes quadrantes profissionais, nomeadamente designers, fotógrafos, profissionais da educação e da saúde, bem com entidades públicas e privadas.

Livros Infantis Públicados

2016 – ‘Orvalho’ (deficiência auditiva)

2017 – ‘Especialmente’ (Dislexia e Discalculia)” Texto de Paulo Melo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
WordPress SEO fine-tune by Meta SEO Pack from Poradnik Webmastera