Caminhada Pela Liberdade – Da Serra até ao Mar

Convite aos marienses e visitantes de Sta Maria

CAMINHADA DA LIBERDADE “25 DE ABRIL”
PP: “PICO ALTO-FARROUPO-PRAIA FORMOSA”
(No percurso vamos cantar a “Grândola Vila Morena” )

Numa promoção do “NPA-TR” – G.Velho, CADEP-CN (Clube dos Amigos e Defensores do Património-Cultural e Natural) e Amigos dos Açores, Sta Maria, e inserido nas Comemorações do “25 de abril” em Sta Maria, vai ter lugar, no dia 25 de abril (terça-feira) o Percurso interpretativo acima apontado, aberto a todos os interessados.

Informações sobre o Projeto e o PR:“ “PICO ALTO-FARROUPO-PRAIA FORMOSA”:

Projeto: “Pedestrianismo e Ambiente de mãos dadas”

Lemas: “Caminhar pela saúde e Conviver com alegria”
“Conhecer para amar e valorizar para proteger”

Características gerais do PP:

Grau de dificuldade: Médio
Extensão: cerca de 7 Km
Relevo: Terreno predominantemente a descer, com ligeiros ondulados e algumas planuras.
Áreas especiais: Área protegida para a gestão de habitats ou espécies do Pico Alto; Paisagem Área de Protegida da Praia Formosa.
Tempo aproximado: 3h 30m

Centralidades/Descrição do PP:

Pico Alto (História, flora endémica, fauna e património e dificado): Farroupo:
várias espécies arbóreas da Laurissilva açoriana, como o Pau-branco (Picconia azorica), o Folhado (Viburnum treleasei), a Urze (Erica azorica) a Uva-da-serra (Vaccinium cylindraceum ), assim como as maiores quantidade e porte de Louro (Laurus Azoricus) e de Azevinho (Ilex perado).

Várias aves residentes também serão observadas e ouvidos os seus cantos encantadores, com relevo especial para a nossa Estrelinha-de-Santa Maria, ave endémica da ilha.

Já na travessia do FARROUPO, várias árvores exóticas estão presentes, podendo-se observar, entre outras, eucaliptos, ulmeiros, acácias e vinháticos, com o maior porte que conhecemos na ilha.

No Farroupo, ainda será apreciado algum património edificado como Forno de Cal, palheiros tradicionais de pedra basáltica e de cantaria; casas antigas (já em ruínas), que constituíram este pequeno povoado, uma antiga produção de mel, ainda com cortiços de barro, será também um ponto de interesse a observar neste local.

Atravessado o Farroupo, iniciar-se-á a descida para a PRAIA FORMOSA, através de uma interessante cumeeira que ladeia a Ribeira da Praia e termina no lugar do Jardim. Nessa descida, para além da observação e inalação do perfume de algumas fragantes plantas aromáticas (poejo, nêveda, murta…) desfruta-se de uma visão panorâmica da Praia Formosa sob um ângulo totalmente diferente, o que deliciará os pedestrianistas.

Já na Praia Formosa, a caminho do litoral, será apreciado um dos mais interessantes chafarizes da ilha, e um pouco mais abaixo serão apresentadas ao grupo um resumo das histórias da Ermida da Senhora dos Remédios (conhecida também por Sto Amaro) e do Forte de S.João Batista (o mais antigo dos Açores).
Não fique em casa: Pratique pedestrianismo; faça pela sua saúde; frua um são convívio e conheça melhor o património cultural e natural de Santa Maria, com explicações de um guia.

Nota: Esta atividade está inserida na Campanha Bandeira Azul da Europa para as zonas balneares de Sta Maria, objetivando também a interpretação e divulgação do Parque Natural da ilha, por parte do NPA-Gonçalo Velho e CADEP-CN, na qualidade de Parceiro do Parque.

* José Melo
Coordenador do “NPA-TR” – Gonçalo Velho
CADEP-CN e Amigos dos Açores Sta Maria

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
WordPress SEO fine-tune by Meta SEO Pack from Poradnik Webmastera