3º Downhill Urbano em Vila do Porto

Downhill Urbano em Vila do Porto, realiza-se a 3ª edição a 28 de Janeiro 2018 entre as 14h00 e as 18h00, uma organização da Paraíso Radical, Lda.
Para mais informações:
email: paraisoradical.lda@gmail.com
Telemóvel: 962 588 940 / 962 587 537
Devido à realização da prova haverá restrições de trânsito em algumas artérias de Vila do Porto.
 
Regulamento DHU 2018

1. INTRODUÇÃO

1.1. A prova de DHU é uma organização da ParaisoRadical e consta de uma prova única.

1.2. A prova de DHU disputa-se no Concelho de Vila do Porto no dia 28 de janeiro de 2018 das 13.00 horas às 18.00 horas

1.3. A Prova de DHU destina-se maioritariamente a atletas locais, não excluindo a participação de atletas oriundos de outras Ilhas.

2. CATEGORIAS Prova de DHU 2018

2.1. Categorias / Idades 

Categoria Idades Masculinos 
Cadetes 15/16 anos
Juniores 17/18 anos 
Sub/ 23 e Elites + 19 anos
Masters 30 30/39 anos
Masters 40 40/49 anos
Masters 50 +50 anos 
Femininos 
Cadetes 15/16 anos
Juniores/ Elites +17 anos 

2.1.1. Todos os atletas têm de participar obrigatoriamente na respetiva categoria. 

3. INSCRIÇÕES 

3.1. As inscrições devem ser efetuadas diretamente através do correio eletrónico paraisoradical.lda@gmail.com ou tlm: 962588940 até às 24 horas da quarta-feira anterior á realização da prova.

3.1.1. As inscrições efetuadas fora do prazo regulamentar têm uma taxa extra de 7€ por atleta e só poderão ser aceites até às 12:30 horas de Sábado.

3.1.2. Os atletas que se inscrevam fora do prazo são os primeiros a partir na primeira manga nas respetivas categorias.

3.2. CONFIRMAÇÃO DE INSCRIÇÕES
A confirmação das inscrições e a verificação das mesmas, bem como a atribuição dos dorsais e pagamento de taxas de inscrição, decorrem no secretariado da prova e só podem ser realizadas antes de se iniciar os Treinos da Prova de DHU.

3.3. Reunião Organização e Marshalls
A reunião com a organização e Marshalls realiza-se às 18h30 de sábado, na sede da ParaisoRadical.

4. TAXAS

A participação na Prova de DHU implica o pagamento de uma taxa de inscrição no valor de 20.00€ por cada atleta.

5. ATRIBUIÇÃO DE FRONTAIS

5.1. Designa-se por frontal, a placa com o número do atleta a aplicar na bicicleta.

5.2. A atribuição de um novo frontal por substituição implica o pagamento de 10€. Os frontais são substituídos por outros com o mesmo número que tinha sido atribuído inicialmente ao corredor. 

5.3. Se tal não for possível, o organizador providenciará um novo nº de acordo com a sequência atribuída e respeitando a cor da categoria.

5.4. Grelha de atribuição de números por categorias

Categoria Masculino Idades Cor/marcador Numeração
Cadetes 15/16 Anos Verde 701
Juniores 17/18 Anos Amarelo 201
Elites ≥ 19 Anos Branco 01
Masters 30 30/39 Anos Azul 301
Masters 40 40/49 Anos Cinza 401
Masters 50 ≥ 50 Anos Castanho 501
Categoria Feminina Idades Cor/marcador Numeração
Cadetes 15/16 Anos Rosa + Amarelo 621
Elite > 17 Anos Rosa 601

6. DESENROLAR DA PROVA

6.1. A prova desenrolar-se-á em uma tarde:

6.1.1. Reconhecimento do percurso a pé e montagem de estruturas das equipas no respetivo parque de equipas;

6.1.2. Treinos livres das 14.00 h às 15.30 horas

6.1.3. Manga de qualificação 16.15 horas

6.1.4. Manga Final 17.00 horas

6.2.1. O sistema de manga única disputa-se da seguinte forma:

6.2.1.1. Uma primeira descida qualificativa obrigatória, designada de manga de qualificação, que atribuirá a ordem de saída (em função dos tempos realizados por cada corredor), para a manga de final.

6.2.1.2. Na manga de final, o corredor mais rápido de cada categoria será declarado vencedor.

6.2.2. Todos os corredores deverão apresentar-se na pré-grelha de partida no mínimo 3 minutos antes do seu tempo de saída;

6.2.3. A ordem de partida para a manga de qualificação será estabelecida para cada categoria na ordem inversa da seguinte forma:
Ordem inversa á ordem de inscrição.

6.2.4. Ordem de saída por categorias manga de final:

1º Cadetes masculinos 
2º Masters 30, 40 e 50
3º Juniores 
4º Elites

6.2.5. O organizador deve prever os horários da prova para que todos os atletas realizem a manga final.

6.2.6. De modo a garantir o bom funcionamento e segurança da prova, o organizador, Marshalls,PSP, BVSM, garantem o fecho de todas as estradas.

6.3. Características do percurso

6.3.1. A prova terá o seu início no Jardim Municipal de Vila do Porto, desce a rua principal, atravessa o Adro da Igreja, desce as escadas do lado de baixo, vira á direita entra no pasto desce as escadas, sai na rua José Inácio Andrade, segue até ao largo do terreiro, vira novamente para a rua principal, abaixo da cresce entra na canada que sai em frente ao caminho velho do cais acabando junto do Clube Naval.

6.3.2. O percurso vai sofrer algumas alterações, com devida antecedência, alterações essas necessárias para o bom desenvolvimento do DHU e normal funcionamento da prova.

6.4. Programa

Domingo dia 22 de janeiro de 2017
11.00 Horas, abertura do secretariado (informações e acreditações)
11.00 Horas, abertura do parque para montagem das *estruturas das equipas.
13.00 Horas, fecho das estradas 
14.00 Horas, início dos treinos
18.00 Horas, final da prova de DHU e abertura das estradas
18.30 Horas, reunião da organização para atribuição dos resultados
19.30 Horas, entrega de troféus e medalhas, seguindo-se um convívio entre organização, Marshalls e concorrentes.

7. Classificação da prova de DHU 

7.1. Classificação Individual

7.1.1. Será efetuada uma classificação por categorias, (segundo a grelha 2.1)

7.1.2. Os 3 atletas vencedores de cada categoria recebem um troféu (1º, 2º, 3º lugar)

7.1.3. Os 3 atletas vencedores (1º, 2º, 3º lugar) á geral alem de receberem o troféu, recebem também um vale de compras a descontar na Loja Monbike em Santa Maria.

7.1.4. A presença nas cerimónias protocolares é obrigatória. 

7.1.5. Apenas o vencedor de cada categoria poderá exibir a bicicleta vencedora, num espaço designado para o efeito, próximo do pódio (numa das laterais).

8. PROTECÇÕES DOWNHILL

8.1. Proteções obrigatórias para todas as provas e categorias:

• Capacete de proteção integral e apertado é obrigatório. O capacete tem que estar equipado com pala. 
• Proteção dorsal, dos cotovelos e dos joelhos em material rígido; 
• Calças compridas e fabricadas em material resistente (não justas ao corpo), incluindo proteções do joelho e da tíbia. É permitido o uso de calções largos fabricados em material resistente desde que usado com proteções dos joelhos e tíbias com material rígido;
• Camisola de manga comprida; 
• Luvas integrais (que protejam os dedos)

8.2. Proteções veemente recomendada:

• Proteção da nuca e das cervicais; 
• Proteção das tíbias e coxas; 
• Proteção dos ombros em material rígido; 
• Sapatinhas e ou ténis desportivos de sola rígida;

8.2. Todos os corredores que não disponham do equipamento de proteção obrigatório serão recusados à partida.

8.3. Todos os corredores deverão efetuar a totalidade do percurso com o seu equipamento de proteção regulamentar obrigatório sob pena de desqualificação. 

8.4. É proibido o uso de equipamentos em Lycra.

8.5. A prova poderá não ser realizada:

Se á data do fecho das inscrições não se obtiver um nº minimo de 10 inscritos.
Caso as condições climatéricas não o permitam.

*Entende-se por estrutura:
Tenda, Stand, Viatura 

Licença RRAAT nº 31/2015/RAA

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
WordPress SEO fine-tune by Meta SEO Pack from Poradnik Webmastera